05 setembro, 2013

ALONGAMENTO X MUSCULAÇÃO ...

Já falei em publicações anteriores que o alongamento não previne lesões e prejudica a performance (inclusive há um texto do GEASE sobre o tema - www.gease.pro.br/artigo_visualizar.php?id=174) No entanto, uma pergunta que ainda não estava bem respondida era se o uso de alongamento antes da musculação prejudicaria os ganhos de força em longo prazo. Digo "ainda", pois um estudo publicado na última edição do Journal of Strength and Conditioning Research está nos ajudando a responder essa pergunta. O estudo conduzido por pesquisadores brasileiros, portugueses e estadunidenses comparou os ganhos de força em homens jovens treinados que faziam o mesmo treino de musculação em três diferentes condições:


- alongamentos para o corpo inteiro antes dos treinos - quatro exercícios realizados em uma série 30" no ponto de leve desconforto (ver na figura)

- alongamentos para o músculo específico antes de cada exercício - os mesmos exercícios anteriores, só que cada um era realizado antes do exercício específico.

- sem alongamentos - como preparação, foi realizada uma série com 50% da carga utilizada no exercício


A comparação entre grupos mostrou que o grupo que não realizava alongamentos ganhou mais força que os demais em todos os exercícios testados (puxada, supino, cadeira flexora e cadeira extensora). Mais ainda, o grupo que realizou alongamento geral ganhou força apenas na puxada e na cadeira extensora. Já o grupo que realizou alongamento antes de cada série ganhou força somente na puxada. 
Ou seja, se o objetivo é aumentar a performance nos treinos e/ou maximizar ganhos de força, o alongamento antes do treino não é recomendado. No entanto, isso não quer dizer que os alongamentos devam ser proibidos ou condenados, mas sim usados com inteligência e com objetivos definidos, conforme falado em uma publicação anterior (https://www.facebook.com/drpaulogentil/posts/586560738029798). Então vamos parar com aquela história dos quadrinhos padrões de alongamentos realizados do número tal ao tal todo dia antes dos treinos (que, para sorte de muitos, nem era feitos)!

(Paulo Gentil)

Borges Bastos CL, Miranda H, Gomes de Souza Vale R, de Nazaré Portal M, Gomes MT, da Silva Novaes J, Winchester JB. Chronic Effect of Static Stretching on Strength Performance and Basal Serum IGF-1 Levels. J Strength Cond Res. 2013 Sep;27(9):2465-72.

Nenhum comentário:

Postar um comentário