09 agosto, 2010

A DIETA MIRABOLANTE DO DR. MILAGRE ...

Essa é a linguagem que, normalmente, se utilizam os pseudo especialistas em nutrição para atraírem as pessoas que, na ânsia de perderem peso, estão dispostas a fazer qualquer coisa. Na grande maioria das vezes, sem saber que estão pondo em risco sua saúde. A bem da verdade, mirabolante são as promessas feitas por esses "especialistas" em relação aos resultados obtidos, e não as dietas propriamente ditas, que em grande parte chegam as barreiras do absurdo. Por exemplo; não há nada de mirabolante em passar um dia inteiro comendo só pepino, o outro dia comendo só maçã, e por ai vai. Esse é o exemplo de uma dieta muito utilizada, que na minha humilde opinião esta mais para ridícula do que para mirabolante.
Só para citar alguns exemplos temos a dieta do sopão, a dieta da USP, tem até a dieta da lua. Vocês já devem ter ouvido falar de pelo menos uma delas.
- A dieta do sopão: coloca-se diversos ingredientes em uma panela, cozinha-se, perde-se grande parte dos nutrientes no cozimento e por final passa-se o dia inteiro tomando essa água. Assim qualquer um emagrece. Mas será que isso é saudável ? O que foi mais que se perdeu alem de um pouco de gordura ?
- A dieta da USP: Que dieta é essa ? É uma dieta elaborada por nutricionistas da USP ? Quem são esses nutricionistas ? Alguém sabe me dizer quem foi que coordenou esse trabalho, se é que foi feito um ? Quais os profissionais envolvidos no estudo ? Essa dieta foi baseada em quais referências ? E o fato mais curioso é que, existem varias dietas, ditas da USP e todas diferentes umas das outras, eu mesmo já vi várias. Qual é verdadeiramente a da USP, se é que existe uma ? Ou será que tem gente por ai apenas se utilizando do nome de uma grande Universidade, como é a USP, para se beneficiar de alguma forma ?

PERCA 10 KILOS EM 1 MÊS ! Essa é mais uma propaganda apelativa, ou poderíamos dizer até criminosa; muito utilizada em algumas revistas com o intuito de vender mais. Ao invés de sugerir dietas absurdas, deveriam estar alertando as pessoas dos perigos que elas podem ocasionar. Uma pessoa que perdeu 10 kg em 1 mês, com certeza, desses 10 kg, ela perdeu pelo menos 3 kg de músculo. Isso realmente não me parece muito inteligente !
A coisa toda já começa errada pelo simples fato de que uma dieta bem elaborada é aquela que foi desenvolvida a partir de uma avaliação física e nutricional prévia do individuo que será submetido a ela. Uma dieta deve ser feita respeitando a composição corporal, o sexo, a idade, o somatotipo, as condições metabólicas, entre outras coisas; do individuo em questão.
São sugeridas dietas com "X" ou "Y" de calorias diárias, porem é obvio que não é qualquer pessoa que pode segui-las, pois cada pessoa tem uma necessidade calórica diária diferente, e essa deve ser calculada individualmente. Algumas dessas dietas estão bem equilibradas, porem, por melhor que sejam as intenções dessas publicações deveria estar bem claro nas matérias que as mesmas devem ser adequadas a cada individuo , e essas adequações devem ser feitas por profissionais da área.
Não podemos deixar de citar alguns produtos que são comercializados por algumas empresas que se aproveitam da falta de conhecimento da maioria das pessoas para vender cápsulas e comprimidos milagrosos que prometem derreter a gordura em poucas semanas. O vasto mundo científico da Química, Bioquímica e Farmácia, desconhece tal substância com todos esses efeitos miraculosos. Então de onde é que veio isso, será que de outro planeta !!!
Inúmeras dietas e produtos novos aparecem de tempos em tempos, muito poucas tem algo de interessante a acrescentar. Isso pelo simples fato de que não existe uma dieta e nem comprimidos mirabolantes . Para se obter bons resultados em relação a diminuição do percentual de gordura deve-se ter um pouco de paciência, eu diria até, que as vezes, muita paciência. Porem sem um pouco de sacrifício não chegamos a lugar nenhum. Deve-se perder peso de forma lenta e gradativa, para que a "coisa toda" aconteça de maneira saudável. Todas as refeições devem ser elaboradas de uma forma equilibrada, fornecendo ao organismo todos os nutrientes necessários; carboidratos, proteínas, gorduras, fibras, vitaminas e sais minerais. Tudo dentro de um total calórico adequado às necessidades de cada um e, é claro, sempre com o acompanhamento de profissionais da área. E nunca deve-se esquecer de que a atividade física também é muito importante neste processo.

Texto: Sergio Sheman


Nenhum comentário:

Postar um comentário