10 julho, 2010

EXERCÍCIOS ABDOMINAIS X GORDURA LOCALIZADA ...

Como é que eu faço para perder esta barriguinha ? Essa é uma pergunta freqüente nas academias. Infelizmente, muitas vezes, mal solucionada. A grande maioria das pessoas tem um conceito errôneo em relação aos exercícios abdominais, acreditando que tal pratica diminui a gordura subcutânea da região trabalhada.Qualquer exercício, dependendo da intensidade e duração, pode ocasionar uma diminuição das reservas de gordura, direta ou indiretamente. Porem, achar que ocorrera a queima de gordura das reservas localizadas somente nas proximidades da região exercitada é uma idéia equivocada. O fato de o individuo ter trabalhado os músculos abdominais não quer dizer que ele só irá se utilizar das reservas de gordura existentes no tecido próximo ao abdômen. Até porque, os exercícios localizados/isotônicos (e ai se enquadram os exercíciosabdominais), como na musculação, são caracterizados por sua intensidade (média / alta) em relação aos aeróbios, durante esses exercícios a vaso constrição simpática acarreta queda do fluxo sanguíneo ao tecido adiposo resultando no acumulo local de ácidos graxos e limitando efetivamente a entrada de ácidos graxos livres na circulação. Ou seja, como a maioria já deveria saber, em exercícios dessa natureza o principal substrato energético utilizado é o glicogênio (forma na qual os carboidratos são armazenados) e não as gorduras.
As gorduras utilizadas como substrato energético tanto para a execução dos exercícios como para a recuperação, são extraídas em sua grande maioria dos triacilgliceróis (principal forma de armazenamento de gordura no corpo) do tecido adiposo distribuídos por todo o corpo e não somente do tecido próximo ao local exercitado. Estes, através da lipólise, são degradados e liberados na circulação. “As fibras musculares não podem oxidar as gorduras diretamente”. Durante os exercícios aeróbios (prolongados de baixa intensidade, aprox. 50% do VO2 max.) verifica-se um aumento do fluxo sanguíneo ao tecido adiposo, portanto um pouquinho de exercício aeróbio pode auxiliar na queima de gordura.
Os exercícios abdominais devem ser executados para promover hipertrofia, tônus e resistência musculares na região. A queima de gordura ocorrera em decorrência das necessidades energéticas requeridas pela atividade em questão, e esta será extraída de onde estiver disponível e não somente do local próximo ao músculo exercitado, como já foi dito.
Acho que ficou bem entendido !!!
Portanto, aulas desgastantes de abdominal, que podem chegar a quase 1 hora de duração, são desnecessárias. A não ser em casos específicos, como é o dos lutadores em geral, por exemplo, que precisam de muita resistência no abdômen.
Para que haja uma diminuição dos níveis de gordura corporal deve-se seguir alguns procedimentos que são um pouco mais complicados do que simples exercícios localizados;
- Primeiro deve-se estabelecer um total calórico adequado a cada individuo para ser ingerido diariamente, levando em conta a TMB (taxa de metabolismo basal) e a rotina de atividade física entre outras coisas.
- Deve-se reduzir a ingestão de carboidratos.
- Não comer somente carboidratos. Toda a refeição deve conter carbo e proteína.
- Uma quantidade satisfatória de carbo em relação as proteínas é de 0,75 (ex.: 4g de carbo p/ cada 3g de proteína)
- Deve-se ficar atento a quantidade de gordura e optar pelas monoinsaturadas.
- Utilizar-se de proteínas magras de alta digestibilidade e valor biológico, como por exemplo: a Albumina de clara de ovo, a Proteína Isolada de Soja e a Whey Protein (lacto albumina).
- Fazer musculação e se tiver um tempinho extra, um pouquinho de exercício aeróbio, de preferência em dias alternados com a musculação.
- É importantíssimo e imprescindível que o individuo esteja sempre sendo orientado por um profissional de Educação Física juntamente com um profissional, também da área da Saúde, especializado em Nutrição Esportiva.

Texto: Sergio Sheman

4 comentários:

  1. Tenho uma dúvida em relação a essa questão.
    Meu biotipo é ectomorfo. Tenho dificuldade para ganhar músculo, porém persiste aquela barriguinha.
    Quando faço atividades aeróbias, corro o risco de catabolizar. Tenho dificuldade para administrar essa situação.

    ResponderExcluir
  2. Caro Jefferson, não é o aeróbio que fará você perder a barriguinha e sim, a musculação e alimentação adequada ... Você precisa ganhar massa magra, sua taxa metabólica se eleva e a barriguinha vai embora... Alguns acertos na dieta seriam prudentes ...

    ResponderExcluir
  3. Só mais uma coisa, não é seu biotipo que é ectomorfo e sim seu somatotipo !
    E vc não "é" ectomorfo, voce "esta" ectomorfo, isso pode mudar ...

    ResponderExcluir
  4. Prof. vi na instrução acima q os exercícios aeróbios devem ser em dias alternados com a musculação...
    No meu caso q faço musculação todos os dias e tbm exercícios aeróbios como Bike, Jump e corrida, estaria errado?

    ResponderExcluir

Deixe seus comentários, opiniões ou sugestões, elas são importantes para nós, no entanto estarão sujeitas a apreciação do moderador antes de serem exibidas. Qualquer dúvida ou questionamento referente ao tema da postagem deve ser encaminhada através da pagina - FALE CONOSCO, obrigado ...
A copia e publicação dos textos podem ser feitas, desde que solicitadas, respeitando os créditos devitos ...