05 julho, 2010

BICEPS - Rosca Simultânea ...


Existem diversos mitos que envolvem o modo de execução de alguns exercícios na musculação. A rosca simultânea é um desses exercícios ...Sua execução, que utiliza-se de um par de halteres, consiste em flexionar os braços com adução nos cotovelos, numa primeira fase (concêntrica), para em seguida estende-los novamente voltando a posição inicial (excêntrica). Esse movimento deve ser executado flexionando os dois braços simultaneamente . Com isso ocorrera a contração do músculo bíceps braquial. Claro que alguns sinérgicos também estarão envolvidos no movimento, como por exemplo, os músculos do antebraço.

Teoria x pratica
Quem já não ouviu dizer que fazer a rosca com a pegada mais aberta (com as mãos mais afastadas uma da outra) o exercício teria uma ênfase maior na parte de dentro do bíceps e com a pegada mais fechada essa ênfase será maior na parte de fora. Segundo alguns teóricos, esse é um conceito questionável uma vez que esses dois “lados” são de um músculo com uma mesma inserção e as estruturas que formam essa inserção percorrem um trajeto com a mesma direção no membro, com isso essas variações não promoveriam nenhuma modificação no seu trabalho. O exercício deve ter uma pegada onde a posição seja confortável para que não se comprometa, nem articulações, nem ligamentos (geralmente essa posição seria com os braços paralelos). Outro mito é a famosa viradinha de mão no final da fase excêntrica do exercício, ou até mesmo durante. Agora eu pergunto; Pra que isso !!?? O exercício deve ser realizado com a palma da mão voltada para cima. Quanto mais virar a mão mais o antebraço estará sendo recrutado e menos o bíceps.
Saiba mais
A rosca simultânea realizada em uma posição ortostática (em pé), biomecanicamente, não se difere em quase nada, por exemplo, de uma rosca direta. Executar 3 séries de rosca direta e em seguida mais 3 de rosca simultânea, teoricamente seria a mesma coisa que executar apenas um dos exercícios fazendo 6 séries ao invés de 3 de cada. A diferença talvez esteja no psicológico do individuo que executa o exercício, porque para o músculo vai dar na mesma. Nos exercícios para bíceps podem ser utilizados os halteres e as barras c/ anilhas, para que exercícios distintos sejam realizados. Executar os mesmos movimentos exatamente da mesma forma não faz muito sentido. Portanto uma maneira bastante coerente de realizar a rosca simultânea, principalmente quando for feita em combinação com a rosca direta, é executá-la na posição sentada e com uma ligeira inclinação no encosto do banco (foto). Alem de permitir um movimento mais concentrado (principalmente em séries mais pesadas) devido a dificuldade de realizar a famosa “roubadinha” em virtude do ângulo que o tronco se encontra, também em decorrência dessa inclinação do tronco, a relação entre as forças que agem no movimento ( força resistiva P e força motiva F) e a BMR (BMR = braço de momento de resistência) seriam diferentes daquela onde o exercício é realizado em pé . "O momento do exercício onde a BMR é maior, exatamente o ponto do movimento onde o músculo exerce maior força". Ou seja, mudando-se o ângulo de ação, mudamos também o estimulo, tornando o exercício diferenciado !

Texto: Sergio Sheman

Um comentário: